top of page

Quem quer ser excelente?


como chegar ao topo

O caminho para a excelência é íngreme e cansativo, em verdade poucos chegam lá. Mas a vista lá de cima, dizem que é fabulosa.


Quantas vezes as pessoas pegam atalhos para chegar onde querem e acabam se perdendo em labirintos confusos. Labirintos de desânimo e desespero por não saber qual o caminho que leva ao topo.


Sabemos por exemplo, que um dos temas que mais traz engajamento nas redes sociais. é a vulnerabilidade. Alguém que passa e compartilha suas dificuldades para chegar em algum lugar sempre cativa o público e acaba os levando juntos nessa jornada.


Isso porque apesar das ilusões da vida, no fundo todos sabem que conquistas da vem de muito esforço, trabalho, disciplina e perseverança. O que até parece ruim quando comparado com a vida fácil de outro alguém, mas não é.


Essa jornada de desafios, que acontece em vários momentos ao longo da vida, é o que da sentido a vida inteira. Desafios são uma “energia” que vibra “viva, viva” dentro de nós. Ela treina nosso poder de luta interior, nossa persistência e força para superar obstáculos.


Uma vez ouvi um ensinamento de um mestre em um centro de estudos, que achei muito interessante. Ele disse: “Dentro de nós, existe um rádio seletor, que sintoniza frequências. No Universo existem duas frequências primordiais. Uma manda vibrações de “Viva, viva, viva” e a outra envia vibrações de “Morra, morra, morra”.


É um ensinamento bem sério esse, mas que tem total lógica quando analisado. Isso explica porque as pessoas fazem tantas coisas que as prejudicam, como por exemplo comer inadequadamente, usar drogas legais e ilegais e até se colocarem em situações de perigo por vontade própria, dentre outros hábitos que aos quatro cantos se sabem prejudiciais, mas mesmo assim as pessoas os cultivam.


O que sabemos é que pessoas excelentes com certeza quebraram o seletor no “Viva, viva” propositalmente e é essa sintonia que querem todos os dias.


Em meus estudos não científicos mas levados tão a sério quanto, as pessoas de excelência tem traços de personalidade e atitudes em comum. Não por acaso, mas porque é o desenvolvimento dessas características que as tornam excelentes.

Então, vamos analisar quais são essas características e como desenvolvê-las para atingirmos a excelência máxima em vida.


1- Autoconhecimento

bem-estar e autodesenvolvimento

“Ah não, lá vem esse papo…” Sim, vem e vem com tudo. Autoconhecimento é característica forte e comum em todas as pessoas que cumprem suas metas e superam a si mesmas na realização de seus objetivos. Se conhecer é muito mais fundamental do que parece, já que até para ter um objetivo ou sonho verdadeiro, precisamos saber o que queremos, e só descobrimos isso em nosso íntimo.


Por outro lado, autoconhecimento auxilia a prever possíveis obstáculos que nós mesmos criamos ao longo de nosso caminho. Um exemplo disso seria uma pessoa ansiosa, que sabe ser ansiosa e assim aceita e entende que essa característica pode atrapalhar seu desempenho na vida. Então, a pessoa busca ferramentas para lidar com sua ansiedade, desta forma amenizando o impacto negativo que isso poderia gerar em sua vida e desempenho.

“Conhece a ti mesmo” Aforismo


2 – Humildade

bemestar e autodesenvolvimento

Humildade é outra questão muito séria, mas que muitos distorcem. A importância da humildade vem do fato que se não entendemos nossa própria ignorância e nosso real tamanho no universo, não buscamos novos conhecimentos e não valorizamos os outros. Assim, limitando a capacidade de excelência real desse tipo a praticamente zero, já que não há evolução sem a busca constante de conhecimento. Humildade é a porta da percepção do Universo.


“Só sei que nada sei” – Sócrates


3 – Sede de Conhecimento

bemestar e autodesenvolvimento

Com a humildade, vem o conhecimento. E com o conhecimento o indivíduo passa a ser cheio de recursos dentro dele. Muito mais do que ter recursos exteriores, é ter recursos interiores. Hoje em dia fala-se muito sobre “ressignificar”, e isso realmente é possível, graças aos recursos internos do ser, no caso principalmente da mente. Na programação neurolinguística se diz muito que a vida depende da história que contamos a nós mesmos, ou seja, o que decidimos e nos preparamos para acreditar.


Saber o poder da mente, o poder do corpo, o poder das relações e qual a base do core do ser humano é essencial para quem quer superar a si mesmo. Um exemplo disso é descobrir quais são as cinco necessidades básicas do ser humano descritas na pirâmide de Maslow. Você sabe? Aprenda. Aprenda tudo que puder, leia tudo que puder, descubra tudo que puder. Informação é a chave da porta da liberdade.


4 – Disciplina

bemestar e autodesenvolvimento

Seguindo no flow, se a chave para a liberdade é o conhecimento, a porta é a disciplina, e ela é bem estreita. Não se releve demais ou seja fraco demais com você mesmo. Sabe quando você ouve: “Ah, eu mereço, só hoje” Só agora” “Só dessa vez”. Pois bem, fuja disso, fuja de quem diz isso a si mesmo, fuja das desculpas interiores que só atrapalham a conquista dos objetivos. Pelé treinava mais de oito horas por dia, não foi mágica. Disciplina consigo mesmo é não desistir de si, é ser firme porque se sabe onde quer chegar. Não tenha exceções.Nunca. A disciplina se cria com o cultivo de bons hábitos e a firmeza diária.


5 – Movimento

autodesenvolvimento e bem-estar

A excelência acorda cedo, coloca uma roupa de ginástica e se movimenta. Regra geral de pessoas que dão seu melhor e atingem seus objetivos. Movimento do corpo, postura corporal e respiração criam as enzimas e sensações positivas ao longo dos dias. Exercícios fazem a glândula hipófise produzir endorfina, que gera bem estar e felicidade, que é distribuída por todo o corpo. E saibam que essa glândula fica bem onde dizem que é o “terceiro olho”. Coincidência? Sabemos que elas não existem.

Essa é uma característica muito importante. A de querer se sentir bem e trabalhar o corpo. Quem treina, tem mais energia, porque o corpo produz cada vez mais energia a medida que se movimenta. E isso tudo é mais que comprovado cientificamente. Sem contar o aumento do fluxo de oxigênio no corpo. Muito se diz que no banho pessoas tem muitas ideias, isso é porque no banho quente o vapor proporciona mais oxigênio para o cérebro, já treinou e tomou banho hoje?


6 – Inspiração

desenvolvimento e bem-estar

É preciso reconhecer a grandeza de outros que já andaram pelos caminhos que você quer andar e aprender com eles. Diz-se que existem dois jeitos de aprender na vida. Um é errando e o outro é aprender com os erros dos outros. Observar e simular pessoas que realizaram o que queremos realizar. Mas essa é uma qualidade para poucos, são realmente pessoas especiais que são capazes de evitar seus próprios erros só observando os erros dos outros. Vale fazer um experimento.


Também existem os conteúdos inspiração, e é muito benéfico se alimentar deles. A arte e a criatividade que ela desperta também inspiram e nos ajuda a criar e ver as coisas de diferentes perspectivas. Biografias, documentários e histórias de superação nos proporcionam emoções e sentimentos como fé, força e esperança.


Dessa forma, é desenvolvido uma noção de padrões a serem seguidos e por consequência nossos padrões aumentam, e não toleramos mais receber nada que não esteja a altura de nossos padrões. Nunca aceite menos do que acredita merecer.


7- Ação

bem-estar e autoestima

Todo esse conteúdo e inspiração, sem ação de nada adianta. É preciso o tempo de adquirir conhecimento e o tempo de colocá-lo em prática. Vejo muitas pessoas que consomem muito conteúdo mas não aplicam em suas próprias vidas. Então aquele conteúdo acaba virando arrogância intelectual ao invés de ferramenta de trabalho.


Teste e coloque para funcionar tudo que aprender e que indique que trará algum benefício para os seus objetivos. Erre muito ao longo desse processo se necessário, e erre sorrindo, porque só erra quem está vivendo a vida de verdade e progredindo. Sem a qualidade da prática, ninguém realiza absolutamente nada na vida.


8 – Constância

autocuidado e bem-estar

Praticar e praticar constantemente. Quantas pessoas até começam a se exercitar, ou a ler um livro, mas desistem no meio do caminho. Esses ficam ali mesmo, pelo meio do caminho. Ser constante no que se faz nos leva até o fim do túnel, até a luz. Desistir, somente das situações que não nos ajudam a progredir na vida e nos sentir felizes.


Essa é uma característica traiçoeira, e que precisa de atenção. Muitos começam, mas poucos terminam. O ideal para se ter constância, é conseguir visualizar a todo instante nossos objetivos. Por exemplo, podemos escrevê-los e todos os dias ler cada um deles, para que nós não esqueçamos o porque estamos fazendo o que estamos fazendo.


9 – Poder Superior

bem-estar e autoestima

Mesmo o ateu, acredita na força que segura o mundo no mesmo lugar no meio do Universo infinito. Reconhecer que existe um poder superior ao humano e ter uma conexão com ele é importante, pois em momentos muito difíceis, essa conexão pode fazer a diferença e salvar muitos desesperados da desistência. A fé é um conceito necessário ao ser humano. Sem esperança não há vida. Independente do nome que der, ou como quiser definir. Tenha fé em algo que faça sentido para você.


10 – Valorização das relações

bem-estar e autodesenvolvimento

Ninguém chega em lugar nenhum sozinho. Os alpinistas, mesmo que subindo a montanha sozinhos, contaram com pessoas que desenvolveram equipamentos, logísticas, mapas e estruturas que o auxilia em realizar suas escaladas. O homem não é uma ilha e suas conexões são fundamentais para seu desenvolvimento. Desde o leite saindo do peito da mãe, até o último suspiro de vida o ser humano não é ninguém sozinho. Saber reconhecer o valor das pessoas é uma característica de excelência.


Esportistas por exemplo, criam relacionamentos profundos com seus técnicos. Esses relacionamentos trazem muitos benefícios para o desenvolvimento do atleta, principalmente quando o treinador tem real intenção de auxiliá-los a atingir o seu melhor. Crianças precisam da estrutura familiar no início da vida pois é assim que ela constrói a base inicial das funções cerebrais e as desenvolve. Após o período inicial, essa estrutura vai se desenvolvendo cada vez mais com a vivência de experiências com os amigos ao longo da infância e adolescência.


Reconheça o valor das pessoas a sua volta, do trabalho e da importância que elas tem. Assim como você está lutando por algo que acredita, os outros também estão e validação colabora para que as pessoas cheguem mais rápido em seus objetivos.


Concluindo então, dizem que teoricamente, é preciso ser excelente, para depois fazer coisas excelentes. Mas o contrário é comprovando que também funciona. Se você tomar a decisão de fazer as coisas com excelência, e persistir consistentemente nisso, por consequência você se tornará uma pessoa excelente.


Significado de Excelente

adjetivo Excessivamente bom; com ótima qualidade: filme excelente. Superior em seu gênero; perfeito, primoroso, exímio, inigualável: o jovem era um excelente aluno; ele se tornou um excelente presidente. De sabor e qualidade apreciáveis; agradável: prato excelente. Que chama a atenção; recreativo, interessante, envolvente, instrutivo: livro excelente. Etimologia (origem da palavra excelente). Do latim excellens.entis.


Para referências de conteúdos relacionados que auxiliam a busca pela excelência, indico o vídeo da série Tea With Me – Motivação e Performance do 0 ao Topo




Comments


bottom of page